Publicidade

34 pesquisadores de Engenharia deixam a Capes; demissões somam 114

  • em



Três coordenadores e 31 consultores renunciaram às suas funções na Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) na 3ª feira (7.dez.2021). Ao todo, 114 profissionais deixaram a instituição desde o fim de novembro.

 

 

Os coordenadores atuavam nas áreas de Engenharia Aeroespacial, Mecânica, Naval e Oceânica e de Produção. Os consultores eram responsáveis por avaliar programas de pós-graduação do ciclo 2017-2020.

 

 

A Capes é uma agência vinculada ao MEC (Ministério da Educação). Entre suas funções está a manutenção de programas de apoio às universidades. Ainda, a expansão e consolidação de programas de pós-graduação.

 

 

Em carta, os pesquisadores dizem que “não há condições, neste momento, de se produzir uma avaliação dos programas de pós-graduação com a qualidade necessária para o cumprimento de seu papel de orientadora das políticas públicas para o desenvolvimento da pós-graduação brasileira”.

 

 

Na semana passada, a Justiça autorizou a retomada do trabalho de avaliação, mas manteve suspensa a publicação dos resultados.

 

 

A falta de garantia de que o resultado da avaliação será tornado público fere os princípios da transparência e do respeito à comunidade acadêmica, que sempre nortearam os trabalhos desta Comissão. A Comissão não vê como justificável o investimento de recursos públicos escassos e, principalmente, do trabalho intenso de 35 cientistas da área das Engenharias III, em tempo quase integral ao longo dos próximos quatro meses, neste cenário de incerteza”, escreveram no documento.

 

 

A coordenação e o trabalho dos consultores são voluntários.

 

DEBANDADA

 

Em 1º de dezembro, 28 pesquisadores da área de Química, sendo 3 coordenadores e 25 pesquisadores ad hoc, também renunciaram. Disseram haver falta de diálogo com a presidência da Capes.

 

 

Eles somaram-se aos 52 que já tinham deixado a instituição 2 dias antes, em 29 de novembro. Eram 31 profissionais da área de Matemática, Probabilidade e Estatística —3 coordenadores e 28 pesquisadores ad hoc— e outros 21 de Física e Astronomia —3 coordenadores e 18 pesquisadores. Afirmaram que a instituição tem alterado parâmetros sem consultar as áreas responsáveis.

 




 

 

SEJA UM AMIGO DO JORNAL BRASIL POPULAR

 

O Jornal Brasil Popular apresenta fatos e acontecimentos da conjuntura brasileira a partir de uma visão baseada nos princípios éticos humanitários, defende as conquistas populares, a democracia, a justiça social, a soberania, o Estado nacional desenvolvido, proprietário de suas riquezas e distribuição de renda a sua população. Busca divulgar a notícia verdadeira, que fortalece a consciência nacional em torno de um projeto de nação independente e soberana.  Você pode nos ajudar aqui:

 

• Banco do Brasil
Agência: 2901-7
Conta corrente: 41129-9

• BRB

 

Agência: 105
Conta corrente: 105-031566-6 e pelo

• PIX: 23.147.573.0001-48
Associação do Jornal Brasil Popular – CNPJ 23147573.0001-48

 

E pode seguir, curtir e compartilhar nossas redes aqui:

📷 https://www.instagram.com/jornalbrasilpopular/

🎞️ https://youtube.com/channel/UCc1mRmPhp-4zKKHEZlgrzMg

📱 https://www.facebook.com/jbrasilpopular/

💻 https://www.brasilpopular.com/

📰🇧🇷BRASIL POPULAR, um jornal que abraça grandes causas! Do tamanho do Brasil e do nosso povo!

🔊 💻📱Ajude a propagar as notícias certas => JORNAL BRASIL POPULAR 📰🇧🇷

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *