Publicidade

29M, um dia que nós e eles não iremos esquecer

  • em



Não esperei deixar a chapa esfriar para registrar aqui a minha imensa alegria de ver o povo soltar nas ruas do país o grito Fora Bolsonaro que estava preso na garganta por mais de um ano.

 

Multidões de jovens, adultos e idosos se manifestaram em 200 cidades do país. Houve manifestação mas não aglomeração, pois ali estavam pessoas conscientes e responsáveis mantendo distância social e usando máscaras e alcool gel.

 

A luta contra o genocida vinha se ampliando nas redes e pesquisas, ainda assim parecia uma luta invisível. Agora é como se ela se materializasse nas ruas tornando-se referência da força e vontade do povo nesse inesquecível 29M.

 

A partir de agora o pedido de impeachment tem rosto e a CPI do genocídio é fortalecida com a revolta expressa do povo.

 

A manifestação suprapartidária, pacífica e em defesa da vida, uma verdadeira explosão de cidadania indignada e ativa, ocorre uma semana depois da marcha fúnebre do fascismo espalhando terror pela ZS do Rio de Janeiro.

 

Quanta diferença! De um lado, o grito de luta da civilização ameaçada e, de outro, o ronco da morte de motoqueiros milicianos, policiais e riquinhos fascistas, usando a intimidação e as ameaças como argumentos políticos.

 

Mas o #29MForaBolsonaro sinalizou para o país que o pesadelo Bolsonaro vai passar e os brasileiros vão resgatar, com a força de Lula, o Brasil da vida, da paz, da inclusão social e da verdadeira soberania nacional.

 

 

Val Carvalho escritor e militante de esquerda

  • Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *